Páginas

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

A POSSE ou a revolução subjetiva de Barack Obama


Tô aqui, muito emocionada assistindo à posse de Obama, é um marco, é o 1° presidente negro da maior potência mundial, é a prova, depois de séculos de luta contra o preconceito, yes, we can!! We can comandar a maior economia mundial, assim como we can impedir a degradação contínua do continente africano, assim como we can gerar oportunidades reais de desenvolvimento para a juventude negra e periférica ao redor do globo, we can ter uma negra como ícone de estilo , ali lado-a-lado com Jackie O..
A expectativa é grande, talvez alta demais para um período tão economicamente obscuro como este que vem se desenhando, mas "antropologicamente subjetivamente" falando, a revolução de Obama se faz desde sua candidatura: o impacto da trajetória deste homem na vida de todos os negros - dos trilionários rappers aos jovens rebeldes de Darfur, passando pelo Capão e por Vigário Geral - é um capital subjetivo/emocional que nunca ninguém vai poder tomar nem questionar o valor. Eles agora têm a cor do líder, de quem tá no topo. Kevin, meu amor, meu afilhoado querido, que bom que você está assistindo tudo isto!!!!!

E ANTES QUE EU ME ESQUEÇA: DIOGO MAINARDI, MEDÍOCRE É VOCÊ!!!! Que nunca será capaz de orquestrar nenhuma ode à mudança desta e de nenhuma outra dimensão.......

2 comentários:

Rochelle disse...

SIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM! DIOGO MAINARDI É O MAIOR DOS ESCROTOS!

Fê Resende disse...

claro que a gente topa! manda email pr falecom@oficinadeestilo.com.br! ;-)