Páginas

sábado, 21 de junho de 2008

Obama, Vogue, Modelos Negros, Brasil






Barack Obama é o representante democrata na corrida presidencial da maior potência econômica mundial. A mesma potência que caminhou com os direitos civis, apoiou as ações afirmativas e tem a população negra com maior poder aquisitivo do mundo. Fato histórico, animador e emocionante. Uma mensagem ao mundo. Matéria da mestra Cathy Horyn no nytimes sobre a Vogue Itália de julho que vai trazer apenas modelos negras, do começo ao fim, fotografadas pelo craque Steven Meisel. Uma mensagem ao mundo da moda (por favor!!! não fiquem surdos!!). E aí, tô eu assistindo à cobertura de um dos desfiles do Fashion Rio onde a repórter pergunta: "Um modelo negro abrindo o desfile, isso é um protesto?" o estilista responde: "Sim, é um protesto, porque a quantidade de modelos negros nas semanas de moda é pouca..." blablabla fala das inspirações da coleção e vai mostrando a fila, que além do Joseph que abriu o desfile, só tem loiro!!!!!! Pára o mundo e me deixa descer, né? Se era pra ser um protesto, desiste ou faz com consistência....e vamo combinar, ninguém quer mais o óbvio e nem ficar fazendo discurso xiita por aí.
O problema é que o racismo na moda é igual ao racismo na "vida real": quem vive isso no dia a dia percebe as sutilezas em tudo, quem nem sabe do que se trata na pele, acha tudo exagero do mundo chato do politicamente correto. Aquela pesquisa que diz que 90% dos brasileiros não são racistas, mas pelo menos 80% conhece alguém que seja ainda é o dado mais revelador sobre o racismo brasileiro. E aí, traduzindo pra moda fica: toda semana de moda a gente vai conta a proporção, fica triste, indignado, mas percebe que avançou: que a Samira tava linda em NY, que a Emanuele foi a Barbie da M.A.C. , que a Gracie Carvalho foi recordista de desfiles junto com a Viviane Orth no último Fashion Rio, e aí vem o povo da moda e insinua que a capa da Vogue America com Lebron James e Gisele "poderia ser pejorativa por ter clara referência ao filme King King"?Ok, sou novata no mundo da moda, tenho apenas 8 anos de observação, mas entre eles só 4 de participação direta, e a vida inteira de luta pela tolerância, mas minha leitura da capa foi: um cara lindo, com uma super explosão, destaque do momento do esporte mais popular dos EUA, junto com a modelo nº 0 (no sentido de antes do #1) do universo. Casal lindo né? Se é improvável como King Kong, Romeu e Julieta, ou qualquer outra referência poética, artística ou estética, deixa para o consumidor dizer, ou não? Aí é muito igual à vida real mesmo né, o povo começa a enxergar chifre na cabeça de cavalo, tipo o povo contra cotas dizendo que vamos virar a nova África do Sul do apartheid.
A moda é racista, isto é um fato. Reuni tantos números, fatos, depoimentos pra minha tese de mestrado....Se a Naomi reclama, você imagina os outros modelos negros do mundo? Falando de Brasil, somos o país de maior população negra fora da África e somos um dos mercados mais promissores da moda mundial. Está aí minha questão: será que nós, criativos e criadores por excelência não poderíamos dar o pontapé inicial? Oops, a Vogue Itália já deu né? O segundo passo, o terceiro, sei lá!!! Algum passo que seja.....Consumo consciente, construção de um mundo melhor não é só tecido de bambu não minha gente!!
Utopia? Pode ser, mas estamos aqui pra isso né? Corre atrás do seu que eu tô aqui correndo atrás dos meus, e boa sorte pra todos nós!!!
ps:fotos dos lindos e talentosos modelos que trabalharam com a gente no desfile do AfroReggae ano passado. O 1º é meu maridão , que me inspirou na tese de mestrado e continua me inspirando na vida....., o 2º é o Claudio Negrão, a 3º é a Fabricia, 4º é o Sacramento, 5ª Janaina Pereira.

2 comentários:

Ciana Lago disse...

Oi Carol!! Não sei se vc lembra de mim!Sou amiga da Ana Licks e pegamos umas praias juntas!
Pois bem, acabo de descobrir seu blog e AMEI. E vc tem um filhinhoooo, que lindooooo!! Lembro de escutar de alguém que vc tava grávida!
Puxa eu agora estou morando em Buenos Aires! Em Agosto vai fazer um ano! Meu namorado veio tb! E acho q vc conhece ele (Eita mundo minúsculo). É o Bruno Moreno que trabalhou na Cufa depois de vc acho!! Que bom de encontrar aqui! bjss

Tet disse...

Preta,
mandou muito bem...estou cada dia mais orgulhoso de vc!
bjuuuuus,
Tet Mendes